Oi lança seguro contra roubo de celular

A partir de agora, todos clientes Oi - operadora de celulares da Telemar - dos planos Oi Conta (pós-pago) ou Oi Cartão (pré-pago) contarão com o Oi Seguro. A novidade oferece proteção em caso de roubo ou furto qualificado, quebra do aparelho e de desemprego ou incapacidade física temporária por acidente. Os interessados em assinar o plano de proteção poderão solicitar a inclusão no serviço pelo telefone 0800 281 8801. O plano é uma parceria com a Vera Cruz Seguradora e a carência é de 30 dias.O plano de proteção garante ao cliente a reposição de um aparelho novo, igual ou similar, que será entregue na casa do cliente no prazo máximo de 15 dias úteis. A franquia para casos de roubo e furto qualificado é de 10% do valor do aparelho e a cobertura de assistência técnica também é de 10% do valor do conserto. Para os aparelhos pós-pagos, o pagamento do seguro será feito todo mês na conta do cliente. No caso dos aparelhos pré-pagos, o pagamento é feito, inicialmente, via boleto bancário. Todos os preços referem-se à promoção de lançamento, que é válida até 5 de novembro.O Oi Seguro permite três opções de escolha ao cliente: Para contratar a Faixa 1, o cliente pagará mensalmente R$ 5,99. A proteção é válida para os aparelhos Siemens A40, Nokia 3310 e Sagem 920C. O plano de segurança vale para quebra do aparelho (até R$ 200), roubo ou furto qualificado e para casos de desemprego involuntário ou incapacidade física temporária por acidente (pago em até três parcelas mensais de R$ 50).Quem optar pela Faixa 2, pagará mensalmente R$ 6,99. Os aparelhos Motorola T190, Siemens C45, Siemens S45, Motorola V66, Ericsson R600 e Ericsson T66 fazem parte deste plano, que vale para quebra do aparelho (até R$ 300), roubo ou furto e para casos de desemprego involuntário ou incapacidade física temporária por acidente (pago em até três parcelas mensais de R$ 75).Já a Faixa custará mensalmente R$ 9,99. Neste caso, os aparelhos Ericsson T68, Siemens ME45, Siemens SL45i, Siemens SX45i, Nokia 9210 são os protegidos. Este plano serve também para casos de quebra do aparelho (até R$ 500), roubo ou furto e ainda para casos de desemprego involuntário ou incapacidade física temporária por acidente (pago em até três parcelas mensais de R$ 100).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.