carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Oi/BrT vai se expandir no exterior, diz Falco

A nova megaempresa de telecomunicações, fruto da união de Oi e BrT, vai partir fortemente para a internacionalização, de acordo com o presidente da Oi (ex-Telemar), Luiz Eduardo Falco - cotado, segundo fontes do mercado, para comandar a nova empresa. Um dos focos serão os países de língua portuguesa, embora fontes que acompanham o negócio indiquem que países vizinhos também serão avaliados."Obviamente, se a gente tiver uma grande ''telco'' (empresa de telecomunicação) nacional, a gente vai querer expandir fortemente esse tipo de interação com esses países de língua portuguesa", disse Falco, ao ser perguntado sobre o assunto, após a assinatura de um acordo entre o grupo e a empresa de comunicação Soico, de Moçambique. Pelo projeto, a Oi montará um projeto de educação junto com a Soico naquele país.Segundo fontes que acompanham o negócio, os entendimentos para a reestruturação do controle do Grupo Oi e para a compra da BrT estão na reta final. Dependem, ainda, de acertos finais entre sócios e de mudança do Plano Geral de Outorgas (PGO) para sair do papel. Questionado sobre o andamento do acordo, Falco afirmou que não acompanha pessoalmente as negociações e que seu foco é na operação da Oi. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE, Agencia Estado

27 de fevereiro de 2008 | 10h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.