Oleoduto ao sul do Iraque deve voltar a operar em 48 horas

O maior dos dois principais oleodutos do sul do Iraque, que transporta petróleo cru dos campos de petróleo da região para o Golfo Pérsico, deve ser reaberto em 48 horas, disse uma fonte da indústria. O oleoduto foi fechado em 8 de agosto por questão de segurança, diante da intensificação dos conflitos entre militantes xiitas, forças norte-americanas e da polícia iraquiana. Nesta terça-feira, segundo informações da indústria, as exportações diárias de petróleo estavam em 900 mil de barris diários, por conta da utilização de apenas um oleoduto. As exportações do Iraque, quando regulares, somam 1,7 milhão de barris.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.