carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Olimpíada põe aéreas e infraestrutura no topo da Bovespa

Ações da TAM, Gol e Gerdau disparam na Bolsa de São Paulo após anúncio da sede olímpica no Rio de Janeiro

Aluísio Alves e Walter Brandimarte, da Reuters,

02 de outubro de 2009 | 16h26

A eleição da cidade do Rio de Janeiro para sediar as Olimpíadas de 2016 levantava o otimismo dos investidores com setores da Bovespa vistos como potenciais beneficiários da decisão, como o aéreo e o de empresas ligadas a infraestrutura.

 

Veja também:

linkEfeito Olimpíada ainda pode durar alguns dias na Bovespa 

Às 15h50, TAM, líder do mercado doméstico de viagens internacionais, exibia valorização de 3,5%, a R$ 23,81. Gol avançava 4,55%, para R$ 18,61. Papéis de companhias ligadas a infraestrutura, como as fabricante de aço, também apareciam no topo do índice. Gerdau tinha ganho de 4,37%, para R$ 24,12.

No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da bolsa paulista, mostrava valorização de 1,1%, aos 61.115 pontos.

Ed Kuczma, analista de investimento da gestora de fundos Van Eck Global, em Nova York, considerou que o anúncio tem um impacto positivo sobre o humor dos investidores. "Acho uma notícia positiva em termos de fluxo. Os mercados reagiram positivamente a isso --com a valorização do real e de ações como as do setor aéreo", disse.

Ele considerou que as ações de companhias aéreas podem ter as estimativas de lucros elevada por analistas, em meio à perspectiva de aumento do fluxo de turistas, além das empresas de locação de veículos, como a Localiza, e de duty free, como a Dufry. O papel da Localiza exibia ganho de 4,9%, a R$ 18,35, enquanto o da Dufry se valorizava em 1,3%, a R$ 30,64.

Tudo o que sabemos sobre:
BOVESPAOLIMPIADA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.