OMC condena regras da UE para importação de banana

As tarifas impostas pela União Européia (UE) às importações de banana violam as regras de comércio internacional, comunicou hoje a Organização Mundial do Comércio (OMC). O anúncio, feito por membros do painel que avalia o contencioso na organização, é o último de uma série de decisões da OMC contra o regime de importação de banana pelo bloco europeu. Segundo o painel, as tarifas são ilegais porque incluem cotas, que são proibidas pelas regras da OMC, a menos que a própria organização permita. O bloco europeu não tem esta permissão. A organização disse ainda que as tarifas discriminam as bananas produzidas na América Latina em favor da África e países do Caribe, que historicamente recebem tratamento preferencial pela Europa. O caso foi levado à OMC pelos Estados Unidos. Embora o país não embarque bananas diretamente para a Europa, algumas multinacionais, distribuidoras da fruta, como a Chiquita Brands International (CQB) e Dole Food Co., possuem plantações na América Latina e são grandes exportadoras para o mercado europeu. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.