OMC dá luz verde para sanções brasileiras aos EUA

Órgão anunciou oficialmente que americanos mantêm subsídios ilegais ao algodão.

BBC Brasil, BBC

18 de dezembro de 2007 | 20h50

A Organização Mundial do Comércio (OMC) anunciou oficialmente nesta terça-feira que os Estados Unidos não suspenderam uma série de subsídios ilegais destinados a seus produtores de algodão.O parecer pode abrir caminho para a imposição de até US$ 4 bilhões em sanções contra os Estados Unidos por parte do Brasil, que apresentou o caso à OMC.O Brasil alegou que os Estados Unidos deram a seus produtores de algodão mais de US$ 12 bilhões em entre 1999 e 2003, mantendo o preço do produto importado artificialmente alto e prejudicando exportadores como o Brasil e países africanos.A OMC havia emitido suas conclusões em julho, mas elas não haviam sido divulgadas pelo órgão. Em outubro, o Itamaraty já havia confirmado o teor do parecer.Segundo a correspondente da BBC em Genebra, Imogen Foulkes, os Estados Unidos acabaram com alguns de seus subsídios ao algodão, mas outros continuam.A recente aprovação de uma nova lei agrícola também abre caminho para a permanência desses pagamentos aos produtores pelos próximos cinco anos. O governo americano anunciou que está considerando a possibilidade de apelar contra a decisão.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.