OMC pode chegar a novo acordo comercial ainda hoje

Os negociadores que procuram delinear um novo marco para o comércio mundial chegaram a um acordo provisório sobre os principais pontos após discussões que começaram na sexta-feira e terminaram apenas às 8h da manhã deste sábado.Cerca de 20 países que representavam as posições mundiais concluíram negociação nos principais temas, como agricultura, imposição de tarifas a produtos industrializados e a racionalização dos procedimentos aduaneiros.O ministro do Comércio da Índia, Kamal Nath, disse que o acordo só foi possível devido a aceitação dos países ricos em eliminar ou reduzir os subsídios agrícolas, uma exigência dos países em desenvolvimento, entre eles o Brasil.O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, disse que os participantes tinham realizado trocas "positivas" em um texto proposto na sexta-feira pelo mediador do encontro.Este acordo que pode sair hoje deveria ter sido assinado em setembro de 2003, quando se deu a reunião ministerial da OMC em Cancún, no México. A nova proposta incorpora uma oferta feita por cinco poderosos produtores; Estados Unidos, União Européia, Austrália, Brasil e Índia, para reduzir imediatamente os subsídios agrícolas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.