OMC pode decidir disputa entre Airbus e Boeing nesta terça

Para Airbus, 'solução só poderá ser atingida por meio de negociações'

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado,

23 de março de 2010 | 07h49

A agenda de eventos da Europa para terça-feira traz como destaque uma provável decisão da Organização Mundial do Comércio (OMC) sobre a queixa dos EUA de que a União Europeia concede subsídios ilegais à fabricante de aviões Airbus. O caso, que já dura seis anos, durante os quais a UE também abriu queixa contra Washington pelo que considera ajuda irregular dos EUA para a Boeing, é uma das disputas comerciais mais complexas já enfrentadas pela OMC.

 

O vice-presidente de assuntos executivos, legislativos e regulatórios da Boeing, Ted Austell, afirmou ontem em um comunicado que "aguarda uma decisão final da OMC" que deve ser divulgada amanhã. Ele afirmou que os "subsídios europeus ilegais prejudicaram grandemente a indústria aeroespacial norte-americana".

 

Já o porta-voz da Airbus, Rainer Ohler, afirmou em Berlim que apenas a decisão da OMC não encerrará o assunto. "A solução só poderá ser atingida por meio de negociações", acrescentou. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
OMCAirbusBoeing

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.