portfólio

E-Investidor: qual o melhor investimento para 2020?

OMC prevê maior retração do comércio mundial desde a 2ª Guerra

Projeção de queda de 9% é pior do que a prevista pelo FMI; países ricos devem ser mais atingidos.

BBC Brasil, BBC

23 de março de 2009 | 17h51

O comércio global deve encolher em cerca de 9% neste ano, o pior resultado desde a Segunda Guerra Mundial, de acordo com relatório divulgado nesta segunda-feira pela Organização Mundial do Comércio (OMC).

O comércio global vinha apresentando crescimento anual desde 1982.

A situação deve atingir mais duramente os países desenvolvidos, que devem assistir a uma redução de 10% no fluxo de comércio.

A

projeção da OMC é bem pior do que a apresentada há dois meses pelo Fundo Monetário

Internacional (FMI), que havia calculado uma redução de

3% para 2009.

A OMC diz que a redução no volume comercializado

mundialmente já era perceptível no ano passado. Embora tenha sido

registrado um aumento de 2% em termos de volume, o crescimento foi

conquistado no primeiro semestre.

"Nos últimos 30 anos, o comércio vem sendo uma parte cada vez maior

da atividade econômica, com um crescimento nas transações muitas vezes

ultrapassando o aumento de produção", afirmou o diretor-geral da OMC,

Pascal Lamy.

"A produção de muitos produtos é feita em locais

diversos, portanto existe um efeito em cascata. Quando a demanda cai

bastante, o comércio diminui ainda mais", acrescentou.

"Como consequência, muitos milhares de empregos relacionados com o comércio vem sendo perdidos."

Lamy pediu que, apesar do aumento dos índices de desemprego, os governos não deem apoio a empresas deficitárias contra competidores estrangeiros.

Analistas temem que um crescimento de políticas isolacionistas agrave ainda mais a crise, a exemplo do ocorrido na década de 1930.

"O uso de medidas protecionistas está crescendo. O risco disso é impedir que o comércio se torne uma das ferramntas de recuperação", disse o diretor-geral da OMC.

"Ao restringir as importações, você só faz com que seu parceiro faça o mesmo e suas exportações são afetadas."BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
fmiomcpascal lamyprotecionismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.