OMC vai analisar embargo dos EUA contra carne francesa

A Organização Mundial do Comércio (OMC) vai examinar o embargo imposto pelos Estados Unidos às importações de carne processada da França. A análise deve ocorrer durante reunião da OMC neste mês, afirmou o ministro de Comércio francês, Francois Loos. Na semana passada, o governo americano proibiu todas as importações de carne francesa processada - incluindo itens como foie gras - depois da visita de inspetores americanos a fábricas locais. A França quer que os EUA justifiquem a medida em 18 de março, durante a reunião do comitê de especialistas da organização. "Um acordo feito na OMC limita os casos nos quais as exportações podem ser bloqueadas por razões de segurança", disse o ministro. "Deve-se provar o risco existente e que a medida (embargo) é cabível", completou. Os EUA dizem que as fábricas francesas não atendem aos seus padrões de segurança, mas não especificaram quais foram os problemas encontrados. O embargo atinge apenas produtos processados e não cortes de carne bovina, suína e de aves. Na ocasião, o ministro de Agricultura francês, Herve Gaymard, disse não ter entendido a decisão porque Europa e França seguem "os mais altos padrões de segurança no mundo, mais altos até que os dos Estados Unidos".

Agencia Estado,

02 Março 2004 | 13h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.