Onde comprar as passagens aéreas

Em vez de adquirir pacotes completos, muitos turistas preferem comprar apenas a passagem aérea para garantir uma maior liberdade durante a viagem. Quem opta por essa alternativa pode comprar sua passagem nas agências de viagem ou nas companhias aéreas. Muitas vezes, os valores cobrados pelas passagens nas agências são mais baixos. Isso porque essas empresas recebem descontos das operadoras e companhias aéreas, repassando parte deles para o cliente. A Abav (Associação Brasileira das Agências de Viagem) afirma que, ao utilizar a consultoria de um agente de viagens, o turista tem acesso a alternativas de rotas, promoções recém lançadas e pacotes bem negociados. "Nosso objetivo é conquistar clientes oferecendo bons preços. Para isso, trabalhamos com todas as companhias e fazemos acordos para baixar os valores", explica Marcos Margini, sócio da Rodritur Turismo. Se o passageiro, porém, não fizer uma boa pesquisa de preços entre as agências e companhias aéreas, pode acabar comprando a passagem de uma agência que opere com poucas companhias, faça maus acordos e cobre taxa de agenciamento muito alta.RecomendaçõesDe qualquer maneira, é preciso lembrar que, ao comprar passagens por intermédio de agências, o cliente tem menor acesso às informações sobre os vôos, o que aumenta a possibilidade de erro e dificulta a solução de problemas. Ele depende do agente, que, se não for muito competente, pode acabar atrapalhando. Ao lidar diretamente com as companhias aéreas, o turista fica sabendo de todas as opções. Assim, uma boa saída é descobrir, através das agências, qual é a empresa aérea com a passagem mais barata dentro das condições do passageiro. Aí então, contatar as empresas aéreas, escolher o vôo e fazer a reserva. Tendo a confirmação da reserva e dos preços cobrados pelas agências, o turista pode solicitar a uma agência de viagens que efetue a venda. Mas atenção: uma vez que a agência passar a tratar com a empresa aérea, a sua reserva é operada por ela. Desistir do serviço da agência, então, é muito difícil. A operação é um pouco trabalhosa, mas simples. E pode trazer uma economia razoável.Procedimento de compraA operação de compra da passagem requer cuidados. Primeiramente, é preciso fazer uma pesquisa de preços, consultando diversas empresas que voam para a cidade desejada. Ao fazer as consultas, o turista deve anotar destino, horário, preço e condição de pagamento. Se o turista decidir adquirir a passagem diretamente na companhia aérea, pode fazer a reserva por telefone (geralmente a validade da reserva é de sete dias) e solicitar à atendente que informe o localizador da reserva (LOC). Esse número será uma espécie de RG da passagem e o cliente deve tê-lo sempre à mão. Com o número do localizador, o turista pode ir até a empresa e efetuar o pagamento. A companhia aérea emitirá imediatamente a passagem. Nela, constarão todos os detalhes do vôo, inclusive a forma de pagamento adotada. Nesse caso, a passagem aérea funciona como um recibo, pois é considerada um documento fiscal. Caso opte por comprar a passagem em uma agência, o procedimento será praticamente o mesmo. Entretanto, pode ser que o cliente não receba a passagem no mesmo dia e tenha que voltar para retirá-la. Por isso, deve-se solicitar um recibo de pagamento para comprovar a compra e obter a passagem posteriormente. ConfirmaçãoEm ambos os casos, o turista deve confirmar o vôo na companhia aérea três dias antes do embarque. Além disso, chegando ao destino, o cliente precisa confirmar o retorno. Esse procedimento pode ser feito nas centrais 0800 das empresas e, para isso, é necessário fornecer o número do LOC.Veja a seguir matéria sobre seguros de viagem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.