bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Onde informar salário, aposentadoria e aluguel

O contribuinte declara dois tipos de rendimentos tributáveis - o recebido de pessoa jurídica, como salário e aposentadoria, na ficha Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica (PJ), e o obtido de pessoa física ou do exterior, como aluguel residencial, pensão alimentícia, na ficha Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Física (PF) ou do Exterior, mês a mês. Esses valores já ficaram sujeitos isoladamente à tributação na fonte ou ao recolhimento pelo próprio contribuinte (carnê-leão) à época do recebimento. Na declaração, são somados para recálculo do imposto com a compensação do valor retido na fonte ou pago. A conta pode gerar diferença de imposto em relação aos valores quitados.

O Estado de S.Paulo

12 de março de 2014 | 02h11

No preenchimento, é preciso indicar se o rendimento é do titular ou dependente. Dados de fonte pagadora podem ser importados da declaração de 2013.

Os principais rendimentos tributáveis recebidos de PJ são salário, aposentadoria, benefício ou resgate de previdência privada tributada pela tabela progressiva, aluguel comercial, pró-labore, bolsa de estudo com contraprestação de serviço (exceto residência médica). Os principais rendimentos tributáveis recebidos de PF são honorário de autônomo, aluguel residencial, pensão alimentícia.

Tudo o que sabemos sobre:
impostoderenda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.