O´Neill elogia conquistas econômicas do Brasil

O secretário do Tesouro dos EUA, Paul O´Neill, afirmou que os líderes brasileiros ajudaram a produzir conquistas econômicas reais com a implantação de uma política de disciplina fiscal, consolidação do setor financeiro, reformas no setor energético e modernização das relações no trabalho. "O compromisso do Brasil com diretrizes econômicas saudáveis também foi um elemento crucial para que o governo brasileiro obtivesse o empréstimo de US$ 30 bilhões do FMI no mês passado", disse O´Neill.O´Neill disse ainda, em pronunciamento preparado para sua apresentação no encontro dos ministros das Finanças do Hemisfério Ocidental, em Washington, que as políticas boas foram essenciais na recuperação econômica dos EUA e são cruciais para a saúde das economias de qualquer país. "Qualquer país no nosso hemisfério, ao seguir políticas boas, pode criar condições para enfrentar tempestades, manter a força da produtividade e permitir crescimento econômico em níveis elevados e sustentáveis", declarou.O´Neill evidenciou ainda o sucesso das economias do Chile e do México, destacando que isso foi possível com uma liderança forte. "Essas nações estão registrando crescimento com políticas monetárias e fiscais sólidas, investimentos em pessoas, governos transparentes, respeito as regras e compromisso corajoso com mercados abertos", afirmou. O´Neill citou ainda outros países que registraram progressos, como El Salvador, Costa Rica, Colômbia e Uruguai.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.