Ônibus interestaduais vão passar por nova licitação

As empresas de ônibus interestaduais estavam repassando para a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) dados subestimados do número de usuários. Pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, a pedido da agência, mostra que 66,7 milhões de consumidores usam esse tipo de transporte, número 32,76% maior ao informado pelas companhias. Ao comparar as linhas iguais, a diferença é de 20,75%.

Karla Mendes / BRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2011 | 00h00

Segundo o estudo, cerca de 50% do total de passageiros está na região Sudeste, especialmente em São Paulo e Minas Gerais. Só o Estado paulista reponde pela movimentação (chegadas e partidas) de 14 milhões de passageiros.

O trabalho, divulgado ontem pela ANTT, será usado como base para o novo modelo de licitação das linhas de transporte terrestre interestadual. Segundo Bernardo Figueiredo, diretor-geral da agência, é a primeira vez que o órgão regulador tem dados oficiais do mercado. Até então, os dados eram repassados pelas companhias. "As empresas manipulavam os dados. Não era auditado", disse.

Na próxima semana, segundo Figueiredo, será posta em consulta pública a proposta da nova rede das linhas de ônibus interestaduais. Uma das mudanças será a redução do número de operadoras do mercado, que atualmente somam 250 e reduzirão para 60. Ele disse que há hoje muitas empresas de fundo de quintal no mercado e as novas licitações promoverão uma maior profissionalização.

As linhas a serem licitadas serão reunidas em 18 grupos, sendo que em vários trechos está prevista a prestação do serviço por mais de uma empresa. "Há linhas com três, duas e uma empresa", disse Figueiredo. Outra alteração é a idade das frotas de ônibus, que hoje está na casa dos 14 anos e será reduzida para cinco na nova licitação.

A proposta estará em consulta pública até agosto, quando será colocado para sugestões o edital da licitação. A previsão é que o edital seja publicado em outubro e o leilão ocorra em janeiro de 2012.

Ontem, a ANTT autorizou reajuste de 4,639% para as tarifas de transporte semiurbano interestadual e internacional. O aumento vigora a partir de 31 de julho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.