Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

ONS: biomassa da cana é fundamental à energia do País

Os projetos de geração de energia através da biomassa de cana-de-açúcar e os de pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) são fundamentais para a segurança energética do País até 2012, quando está prevista a conclusão das usinas do Rio Madeira. Esta análise é do diretor geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Hermes Chipp. A ONS é responsável pela coordenação e pelo controle da operação das instalações de geração e transmissão de energia elétrica no Brasil.Para Hermes Chipp, o próximo ano seguirá sem problemas, mas a partir de 2009 o sistema necessitará de incremento. Ele informa que em breve poderá ocorrer um leilão de energia de biomassa e que os marcos regulatórios avançam neste sentido.O diretor da ONS diz que de maneira geral os níveis dos reservatórios são satisfatórios, com exceção dos da região Nordeste, que merecem mais atenção, embora tenham ocorrido chuvas nos últimos dias. Ele participou do comitê estratégico de Energia da Amcham-São Paulo, e sua entrevista foi publicada no site da entidade (www.amcham.com.br).O administrador do ONS disse que o próximo ano de 2008 seguirá com tranqüilidade. "Em 2009, não deve ocorrer problema e agilizar os projetos de biomassa e de pequenas centrais hidrelétricas será melhor ainda porque haverá maior garantia. Se tivermos uma deficiência entre oferta e demanda conjuntural e a hidrologia for boa, não haverá problema nenhum. Mas não podemos contar com isso totalmente. Trabalhamos com medidas preventivas na operação no curto prazo e com o dimensionamento da oferta da forma mais adequada que for possível", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.