Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

ONS nega necessidade de corte de energia

Parecer toma por base situação atual dos reservatórios e condições hidrológicas previstas  

Daniela Amorim, da Agência Estado,

29 de abril de 2014 | 17h48

RIO - O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou nesta terça-feira, 28, em nota à imprensa, que, por enquanto, estudos técnicos não apontam a necessidade de cortes de energia elétrica. O órgão não descarta sugerir medidas adicionais às autoridades, no entanto, caso o cenário dos reservatórios se agrave no período de maio a novembro.

As informações são do diretor geral do ONS, Hermes Chipp. Seu parecer toma como base a atual situação dos reservatórios e as condições hidrológicas previstas.

Chipp afirma que são improcedentes as informações publicadas na edição desta terça-feira, 29, do jornal Valor Econômico, de que técnicos do ONS teriam sugerido nos bastidores um corte de 4% a 6% da carga diária de energia elétrica no País.

A medida permitiria elevar os níveis dos reservatórios e, dessa forma, evitar um possível racionamento de energia no ano que vem, se as condições meteorológicas piorarem.

Tudo o que sabemos sobre:
ONSenergiacorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.