ONS pode ser responsabilizado pelo apagão

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) poderá ser responsabilizado pelo apagão que afetou hoje vários Estados, caso fique comprovado que houve falha na coordenação da operação do sistema. O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), José Mário Abdo, disse hoje, em entrevista, que a responsabilidade é de cada detentor de cada trecho do sistema - linha de transmissão, usina, distribuidora ou subestação."Há uma operação conjunta otimizada que tem a coordenação de operação do ONS. São responsabilidades claras e definidas", afirmou Abdo. "ONS coordena a operação interligada, e cada empresa deve providenciar a manutenção e as manobras nos equipamentos de sua rede própria, de sua usina, de sua subestação, deixando em condições adequadas de funcionamento", acrescentou.Segundo o diretor-geral da Aneel, o ONS é uma entidade fiscalizada pela Aneel, assim como as empresas de transmissão, de distribuição ou geração de energia, seja privada ou estatal. "O ONS também tem suas responsabilidades e responde por elas perante a Aneel", advertiu José Mário Abdo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.