coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

ONU pede duplicação da ajuda aos mais pobres

O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, exortou os países desenvolvidos a duplicarem a ajuda dada anualmente para os mais pobres para US$ 100 bilhões, o que reduziria à metade o número de pessoas que passam fome ou não têm acesso a água tratada. "Não poderemos alcançar os objetivos sem pelo menos US$ 50 bilhões adicionais por ano em ajuda oficial, aproximadamente o dobro do nível atual", afirmou Annan na abertura da Conferência Internacional sobre Financiamento para o Desenvolvimento, que a ONU promove em Monterrey (México). O encontro foi aberto oficialmente hoje pelo presidente mexicano, Vicente Fox. "Por décadas, os países do mundo têm tendado confrontar o problema do desenvolvimento e da pobreza por meio de cooperação internacional. Mas, até agora, os resultados têm sido pobres, atrasados e desanimadores", disse Fox ao abrir a conferência. O presidente do México reuniu-se separadamente com seu colega colombiano, Andrés Pastrana, a quem manifestou apoio na busca de uma solução para a guerra civil em andamento no país. Participam da conferência os chefes de Estado ou de governo de cerca de 50 países; contando os países representados por ministros das Finanças ou das Relações Exteriores, o número de participantes chega a 171.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.