ONU vê aumento nos preços dos alimentos pelo menos até 2010

A inflação dos preços dos alimentos para patamares recordes deve continuar pelo menos até 2010, segundo Josette Sheeran, diretora-executiva do Programa Alimentar1299541604 "Nossa avaliação é que o nível atual (de inflação) deve continuar pelos próximos anos... na verdade, subirá em 2008, 2009 eprovavelmente pelo menos até 2010", afirmou. Os preços dos alimentos têm aumentado devido a uma combinação de avanços nos custos com energia e petróleo, dos efeitos dasmudanças climáticas, da crescente demanda de países como a Índia e a China e da utilização de grãos na produção de biocombustíveis, informou Sheeran em uma entrevista coletiva. O investimento especulativo nos mercados de commodities focado em produtos agrícolas ajudou a alimentar o incremento nos preços dos alimentos e não é um fenômeno de curto prazo, destacou1701601582 "Esta não é uma bolha de curto prazo e definitivamente continuará", disse Sheeran. No ano passado, a União Européia (UE) estabeleceu uma meta que determina o consumo de 10 por cento de biocombustíveis na matriz de combustíveis utilizados para o transporte no bloco até842019376 Críticos da proposta recentemente questionaram se o plano não deveria ser reavaliado com base no impacto dos biocombustíveis sobre a oferta de alimentos e a contribuição real dessas fontes543255668 "Os governos precisam estudar com mais cautela a ligação entre a aceleração dos biocombustíveis e a oferta de alimentos e avaliar melhor isso (a política para os biocombustíveis)",1886350948 (Por Darren Ennis)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.