Opções serão negociadas pela Internet

Depois de um ano de discussão, o investimento em opções pelo sistema home broker, que permite a comercialização em tempo real pela Internet diretamente na Bovespa, foi aprovado. O investimento em opções é um derivativo do mercado à vista de ações, do qual obtém-se o direito de comprar ou vender um papel num preço e prazo determinados.Por enquanto, poucas corretoras estão oferecendo o produto por causa da sua complexidade e alto grau de risco. Entre elas estão Hedging-Griffo, Patagon, Souza Barros e Coinvalores. Por conta da dificuldade, algumas corretoras foram contrárias à medida, mas prometem adaptar-se. "Somente vamos oferecer o produto quando dominarmos todas as ferramentas necessárias para auxiliar o investidor", explica o gerente de Internet da corretora Socopa, Paulo Prado.Os riscos são altosQuem se interessa por opções deve estar ciente dos riscos do mercado e do valor em dinheiro que pode perder. Boa parte dos investidores teme os riscos de se investir no mercado de ações. Mas, é preciso saber que no mercado de opções as chances de prejuízo ou de lucro podem ser ainda maiores.O investidor deve analisar as duas atitudes possíveis no mercado de opções: comprador ou vendedor. As opções, ao contrário das ações, têm um prazo para negociação definido. "Após a data do vencimento, as opções não exercidas ou que ficaram abaixo do valor apostado perdem o valor", diz Nogueira. O exercício da opção é o momento em que o investidor opta por negociar a ação da qual possui a opção pelo preço determinado. O próximo vencimento de opções da Bovespa vai ocorrer no dia 16 de outubro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.