Opep confirma corte de produção de 1 milhão de barris/dia

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) confirmou em comunicado o corte de um milhão de barris por dia do teto de produção de petróleo, para 23,5 milhões de barris por dia. A decisão entra em vigor amanhã. O novo teto foi confirmado após reunião entre ministros do grupo, promovida hoje em Viena, mas já havia sido acordado na reunião de fevereiro. A Opep disse no comunicado que o encontro de hoje reiterou o compromisso com a manutenção do bom fornecimento ao mercado e com a estabilidade dos preços na faixa de US$ 22 a US$ 28 o barril. Embora os preços atualmente estejam altos, afirma o comunicado, os ministros observaram que o mercado do petróleo cru continua bem abastecido, à medida que se aproxima um período de demanda tradicionalmente mais baixa. A próxima reunião extraordinária da Opep vai ocorrer em Beirute, no dia 3 de junho. A próxima reunião ordinária será em 15 de setembro, em Viena. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

31 Março 2004 | 14h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.