Opep considera tarde para elevar produção em junho

O presidente da Opep, Purnomo Yusgiantoro, disse no começo desta manhã ser operacionalmente tarde para elevar a produção em junho com intenção de minimizar as cotações da commodity. Purnomo, que é também Ministro do Petróleo da Indonésia, afirmou: "Não posso dizer aos produtores que elevem sua produção agora porque os contratos com os consumidores já foram estabelecidos". Fontes do mercado disseram que a Nigéria e a Arábia Saudita já indicaram que embarcarão mais petróleo, embora esse excedente possa não chegar aos EUA antes de julho, pico de consumo. Questionado se a Opep poderá fornecer petróleo suficiente para atender a demanda global este ano, Purnomo disse que o grupo não está "nervoso". "Encorajamos a participação de outros" países, indicando a Rússia, México e Angola.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.