Opep decidirá em 21 de julho aumento de 500 milhões de barris

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) decidirá em 21 de julho, durante seu próximo encontro, se implementará ou não a segunda elevação no teto da cota de produção do grupo definida na reunião realizada em Beirute, no Líbano, no início deste mês, disse o ministro do Petróleo da Venezuela, Rafael Ramirez.Em 3 de junho, foi aprovada elevação a partir de 1º de julho do teto de produção em 2 milhões de barris por dia, equivalente a 8,5% do que o grupo vinha produzindo, e de mais 500 mil barris ao dia a partir de 1º de agosto. A opção de realizar o aumento em dois estágios foi adotada por causa do temor de alguns países-membros do grupo de aumento excessivo na oferta, o que poderia derrubar os preços. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.