Opep eleva meta de produção em 500 mil barris

Os Ministros da Opep concordaram em elevar a meta oficial de produção do grupo em 2% ou 500 mil barris ao dia a partir de 1º de abril, segundo um representante do cartel. Outros 500 mil barris ao dia poderão ser adicionados à cota dos países-membros se for necessário. Ficou decidido também que os Ministros voltarão a se reunir em 7 de junho. O ministro do Petróleo da Líbia, Fathi bin Shatwan, confirmou as informações. O ministro líbio vinha defendendo a manutenção da cota.Nova cesta de preçoA Opep adotou um novo preço de referência para seu petróleo, com uma cesta contendo 11 tipos de petróleo produzidos pelo grupo, disse o presidente da Opep e ministro do Petróleo do Kuwait, Xeque Ahmad Fahad Al-Ahmad Al-Sabah. A cesta não é necessariamente utilizada para estabelecer o preço do petróleo no mercado, mas para oferecer um panorama do valor da produção da Opep. Os países-membros vinham reclamando que a cesta anterior, com sete tipos de petróleo, criada em 1987, inflava o valor da produção do grupo. Por isso, pressionaram por uma cesta que melhor representasse os tipos que contém maior concentração de enxofre e, conseqüentemente, mais baratos. Como os preços do petróleo no mercado futuro estão excessivamente elevados, a medida beneficia o grupo politicamente, ajudando-o a defender que, na verdade, está buscando preços menores para sua produção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.