Opep mantém cotas inalteradas

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) decidiu hoje, em reunião extraordinária em Doha, não modificar a atual cota de produção de petróleo do grupo, que é de 25,4 milhões de barris diários. Os países integrantes do cartel anunciaram que voltarão a se reunir em 31 de julho em Viena, na Áustria, para avaliar novamente a situação do mercado, principalmente diante do restabelecimento da produção iraquiana. Os países que vinham exportando volumes de petróleo acima de suas cotas para compensar as crises de abastecimento na Venezuela, Nigéria e Iraque, se comprometeram a ajustar a sua produção ao limite estabelecido pelo cartel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.