finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Opep: não há necessidade de elevar oferta de petróleo

Não há necessidade de a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) aumentar a oferta de petróleo para o mercado, declarou o secretário-geral do grupo, Abdalla Salem el-Badri. "Francamente, nós não vemos a necessidade de aumentar a oferta", disse durante entrevista à imprensa.El-Badri fez seus comentários como resposta a questões relacionadas ao pedido do secretário de Energia dos EUA, Samuel Bodman, para a Opep elevar sua produção como resposta à queda dos estoques de petróleo e os preços elevados. Segundo El-Badri, os estoques de petróleo são "suficientes" e não há escassez no mercado.O secretário-geral da Opep informou ainda que o grupo está investindo US$ 150 bilhões para aumentar a capacidade de produção até 2015. No entanto, ele ressaltou que o dólar fraco e o aumento nos custos dos materiais aumentaram os custos operacionais em 55%. Apesar disso, ele declarou que a Opep não está discutindo mudar o preço do barril de petróleo (hoje cotado em dólar) para outras moedas. "O secretariado da Opep não está trabalhando na questão, porque cabe aos países membros decidirem por si sós", afirmou.Os ministros da Opep irão se reunir informalmente na quinta e sexta-feira antes do encontro de chefes de Estado do grupo, que será realizado em 17 e 18 de novembro. Decisões sobre a produção não devem ser tomadas então, uma vez que as discussões formais sobre políticas do grupo só serão realizadas depois de duas semanas em Abu Dhabi. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.