Opep prevê que preço do petróleo continuará subindo

Presidente da organização atribui alta a especuladores, problemas geopolíticos e à fraqueza do dólar

NATHÁLIA FERREIRA, Agencia Estado

26 de maio de 2008 | 09h34

O preço do petróleo continuará subindo, especialmente se não houver melhora na perspectiva para o dólar ante as principais moedas estrangeiras, disse o presidente da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Chakib Khelil, à rádio nacional da Espanha. "Nós vamos testemunhar um aumento de preço (do petróleo)", especialmente se a situação econômica nos Estados Unidos persistir e o dólar continuar caindo, afirmou.   Veja também: Petróleo sobe com ataques na Nigéria Preço do petróleo em alta  Entenda a crise nos Estados Unidos  Cronologia da crise financeira  Os preços do petróleo seguem em alta na manhã desta segunda-feira, 26, em meio às preocupações com a oferta insuficiente e a demanda robusta. Na última quinta-feira, 22, o barril da matéria-prima superou o nível de US$ 135 durante sessão em Nova York. Nesta segunda-feira, a commodity é negociada acima de US$ 133 o barril no pregão eletrônico da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês). Khelil atribuiu a culpa pela escalada do preço do petróleo aos especuladores, aos problemas geopolíticos e à fraqueza do dólar, todos "fatores além do controle da Opep"."Se a Opep decidir aumentar a produção (...) esses aumentos não irão realmente reduzir o preço", disse Khelil, que também é ministro de Energia da Argélia. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
PetróleoOpep

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.