Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Opep produzirá mais petróleo a partir de novembro

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) vai elevar o teto de sua produção a 27,2 milhões de barris por dia, o que inclui um aumento de 500 mil barris/dia. É o primeiro aumento em mais de dois anos para atender o crescimento da demanda por energia e reduzir as preocupações relacionadas aos preços recordes do petróleo.A decisão, anunciada hoje pelos ministros da Argélia e do Catar, reconhece efetivamente aumentos não oficiais na produção de membros da Opep este ano, colocando-os dentro do sistema de quota oficial da organização, que se prepara para atender a potencial demanda maior no inverno do Hemisfério Norte. O ministro do petróleo do Catar, Abdullah bin Hamad Al Attiyah, disse que o grupo elevará a produção a partir de 1º de novembro.A decisão da Opep reverte, na prática, dois cortes na produção acertados no ano passado, que retiraram um total de 1 milhão de barris de petróleo por dia dos mercados globais. "Achamos que o (preço) mercado está um pouco alto demais, portanto estamos dando apoio ao crescimento econômico sustentado", disse o ministro do Petróleo do Kuwait, Mohammad Al-Olaim. Ele acrescentou que a Opep partilha as preocupações dos consumidores sobre a economia global.O presidente da Opep, Mohamed Al Hamli, disse que o aumento de 500 mil barris dia será dividido entre os dez países da Opep sujeitos às quotas nas mesmas bases em que os cortes de produção foram aplicados após a reunião em Abuja, na Nigéria, no ano passado. As informações são da agência Dow Jones.

REGINA CARDEAL, Agencia Estado

11 de setembro de 2007 | 14h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.