Opep suspenderá cota caso guerra cause escassez

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), em uma postura apoiada pela Arábia Saudita e por outros membros importantes, pode suspender a cota que limita a produção do cartel, caso a eclosão de uma guerra no Iraque cause escassez do produto no mercado mundial. "Se houver uma guerra, com conseqüente falta de petróleo, a Opep vai agir para suspender suas cotas de produção e suprir as necessidades do mercado", comentou uma fonte não-identificada, ressaltando que a manobra refletiria o forte compromisso do grupo em manter o equilíbrio entre oferta e demanda no mercado de petróleo. Embora alguns membros do cartel possam se opor aos planos, a maioria dos produtores da Opep, incluindo a Arábia Saudita, apóiam a decisão de abandonar a cota que limita em 24,5 milhões de barris por dia a produção dos 10 membros do cartel. Ontem, uma fonte do setor de petróleo do Kuwait informou que o país defenderia uma suspensão temporária das cotas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.