Operação no Brasil ajuda Inbev a ter lucro 56% maior

A cervejaria belga Inbev anunciou um aumento de 56% em seu lucro bruto (antes dos impostos), graças à compra da Ambev, a maior fabricante de cervejas do Brasil, concluída no ano passado. De acordo com um comunicado divulgado pela empresa nesta quarta-feira, o lucro bruto subiu de 743 milhões de euros em 2003 para 1,16 bilhão de euros em 2004. "Tenho o prazer de ver os frutos da associação da Inbev com a Ambev, e estou esperando mais sucesso para as nossas principais marcas mundiais, Stella Artois, Brahma e Beck´s", disse o presidente da Inbev, John Brock. O volume de vendas mundiais (incluindo quatro meses de Ambev) aumentou 57%.Maior do mundoA Inbev se tornou a maior cervejaria do mundo ao comprar a Ambev em agosto do ano passado. A Stella Artois e a Beck´s tiveram um crescimento mundial conjunto de 5%. A Ambev aumentou sua participação no mercado de cervejas de 62,5% em novembro de 2003 paraa 68,1% em dezembro de 2004.De acordo com a empresa belga, os bons resultados da Ambev em 2004 são mais bem expressos pelo fato de que a margem de lucros antes dos impostos no mercado doméstico cresceu para 42%. Segundo a Inbev, Venezuela, Paraguai e Bolívia foram outros países da América do Sul que tiveram um desempenho acima das expectativas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.