Operação Oi-BrT coloca País na vanguarda de teles, diz Costa

Segundo ministro das Comunicações, negócio entre as companhias torna Brasil mais competitivo no setor

Gerusa Marques, da Agência Estado,

25 de abril de 2008 | 17h50

O ministério das Comunicações, Hélio Costa, disse nesta sexta-feira, em nota divulgada à imprensa, que a compra da Brasil Telecom (BrT) pela Oi é "fato importante que coloca o Brasil na vanguarda das telecomunicações". Na nota, Costa afirmou que o negócio torna o País mais competitivo no setor, principalmente nos mercados da América Latina e da África. Veja também:Oi fecha acordo para compra da BrT por R$ 5,86 bilhõesNegócio entre Oi e BrT terá de ser submetido à Anatel e ao CadeMegafusão de teles Costa sempre defendeu a fusão entre as duas concessionárias, como forma de fazer frente à competição contra grupos internacionais que operam no País, como a espanhola Telefônica e a mexicana Embratel.

Tudo o que sabemos sobre:
Brasil TelecomOiFusão de Teles

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.