Operador do UBS foi condenado por fraude

O ex-operador do UBS Kweku Adoboli foi condenado por fraude relacionada a prejuízo de US$ 2,3 bilhões. Adoboli, de 32 anos, era um operador sênior da mesa de fundos negociados em bolsas da subsidiária de investimento do UBS em Londres. Ele trabalhou na instituição financeira por oito anos e foi preso em setembro de 2011.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.