Operador tenta suicídio no pregão da BM&F

Ontem, o pregão por voz da BM&F foi interrompido por alguns momentos e apenas o pregão eletrônico continuou. Às 15h30, um operador da Itaú Corretora deu um tiro no próprio peito, em meio aos colegas de trabalho. "Ficamos atordoados, sem entender", conta um funcionário. O operador foi atendido na enfermaria da BM&F e levado para a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. No início da noite, foi transferido para o centro cirúrgico do Hospital Santa Isabel e já corria pouco risco de morte. A irmã do operador estava bastante abalada. "Não sei por que isso aconteceu", disse. A Itaú Corretora informou que estava prestando assistência à família e que não comentaria o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.