Operadora de celular vai apurar denúncia da concorrente

A operadora de celular Claro informou que irá apurar as denúncias de que três lojistas especializados em telefonia celular estavam utilizando software pirata para descredenciar aparelhos da Oi e transformá-los em aparelhos da Claro.O caso foi parar hoje na 59ª Delegacia de Polícia, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Segundo a assessoria de imprensa da Claro, a empresa está disposta a prestar todos os esclarecimentos para a solução do caso.

Agencia Estado,

05 de fevereiro de 2004 | 18h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.