Operadoras de telefonia fixa não cumprem metas

Nenhuma das 38 operadoras de telefonia fixa do País conseguiu cumprir, em janeiro, todas as metas de qualidade estabelecidas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). De acordo com o balanço divulgado hoje pelo órgão regulador, o pior desempenho foi o da Telaima, operadora da Telemar no Estado de Roraima, que deixou de cumprir 14 das 35 metas. O melhor desempenho foi o da Telemat, concessionária da Brasil Telecom em Mato Grosso, que cumpriu 34 das 35 metas. A Telemar Rio foi a segunda no ranking das operadoras com problemas, tendo descumprido 13 metas. Os maiores problemas são na execução completa de ligações locais e interurbanas. O cumprimento de metas é obrigatório para as operadoras de telefonia fixa. O desempenho fora dos índices determinados pela Anatel pode resultar em advertência ou multa. No ano passado foram abertos 1.459 Procedimentos Administrativos por Descumprimento de Obrigações (Pados) para apurar as responsabilidades pelo mau desempenho das operadoras no cumprimento de algumas metas de qualidade. Os Pados resultaram em multas para todas as empresas, conforme anunciou o presidente da Anatel, Renato Guerreiro, em meados de janeiro. Como as multas ainda estão na fase de recurso, o valor que as empresas deverão pagar não foi divulgado pela Anatel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.