coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Operadores brigam no pregão da bolsa de São Paulo

A tensão do mercado nesta tarde provocou até um início de briga no pregão da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Dois operadores, que negociavam ações da Cemig, se desentenderam no salão principal do pregão da instituição. A Bovespa informa que eles teriam apenas trocado empurrões. Mas há uma versão de que houve mesmo troca de socos e pontapés durante alguns segundos até que outros operadores separaram os dois brigões.O diretor de pregão da Bovespa recolheu as credenciais dos operadores, que seriam das corretoras Merrill Lynch e Garantia, embora a Bovespa não informe nem os nomes nem os empregadores dos dois.Nesta sexta-feira, segundo a assessoria de imprensa da instituição, os dois voltarão normalmente ao trabalho. Não há risco de suspensão, segundo a Bovespa, porque não teria ocorrido nada tão grave que justificasse a punição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.