Orçamento prevê salário mínimo em R$ 507 a partir de 2010

Ministro do Trabalho afirmou que entregaria pessoalmente a proposta orçamentária ao Congresso Nacional

Adriana Fernandes, da Agência Estado,

31 de agosto de 2009 | 14h55

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, informou nesta segunda-feira, 31, que na proposta de lei orçamentária, que será entregue nesta segunda-feira ao Congresso Nacional, o governo arredondou para R$ 507 o valor do salário mínimo que será pago a partir de 1º de janeiro de 2010. O valor inicial, previsto na Lei de Diretrizes Orçamentárias, em abril passado, era de R$ 506,50.

 

O ministro informou que vai às 18h30 ao Congresso entregar pessoalmente a proposta orçamentária de 2010. Paulo Bernardo chegou no início da tarde desta segunda-feira ao Centro de Convenções Ulisses Guimarães, para a cerimônia de apresentação do marco regulatório de exploração do pré-sal.

Tudo o que sabemos sobre:
salário mínimo2010Paulo Bernardo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.