Os funcionários do Banco Central entram em greve hoje

Os funcionários do Banco Central entram em greve hoje por tempo indeterminado em protesto "contra o descaso do governo em negociar a pauta de reivindicações salariais da categoria". Os grevistas prometem protestos na sede do BC em Brasília e nas nove regionais do banco localizadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Fortaleza, Salvador e Belém. A paralisação, segundo o sindicato dos funcionários do BC, poderá causar prejuízo ao funcionamento do sistema financeiro. Os funcionários do BC são responsáveis pelo controle das reservas internacionais, distribuição de dinheiro aos bancos, atendimento ao público e pelo registro e acompanhamento das operações de mercado aberto e dos títulos públicos. O sindicato ainda não tem um balanço sobre a adesão ao protesto.

Agencia Estado,

19 Setembro 2005 | 11h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.