finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

"Os juros vão cair", afirma Lula

Na véspera da reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central que decidirá sobre a nova taxa de juros, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, na Colômbia, que "os juros vão cair, vão continuar caindo". Para ele, "já há sinais para a volta do crescimento econômico".O presidente disse ainda que a redução da taxa Selic deverá ser repassada ao consumidor em pouco tempo. "Obviamente a taxa de juros vai chegar ao consumidor e às empresas. Isso não se dá de forma automática. Não chega no dia seguinte. Eles estão caindo", disse. Lula citou como medida da retomada do crescimento o Plano Plurianual de Investimentos 2004-2007, que mostra onde o Estado e os parceiro vão investir. O presidente lembrou ainda a decisão de abrir uma linha de R$ 4 bilhões para o microcrédito e afirmou que nos próximos dias será anunciada um programa de crédito para as empresas fabricantes da chamada linha branca (geladeiras, fogões e máquinas de lavar roupa). "As coisas começam a andar. O Brasil está no caminho", disse.O presidente desistiu de participar do almoço com o presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, e dirigentes da Organização Internacional do Café (OIC) porque, segundo a sua assessoria, ele estava atrasado para compromissos no Brasil.

Agencia Estado,

16 de setembro de 2003 | 17h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.