Osborne vê apoio do G-20 a plano para reforma tributária

O ministro de Finanças e secretário do Tesouro britânico, George Osborne, disse neste sábado que o G-20 apoia o plano da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) para uma reforma tributária internacional. A OCDE desenvolveu o plano, de 15 pontos, para eliminar brechas que permitem que grandes companhias multinacionais paguem poucos impostos.

AE, Agencia Estado

20 de julho de 2013 | 09h49

O plano foi discutido na reunião dos ministros das Finanças e presidentes dos bancos centrais dos países do G-20. Eles se reuniram nesta sexta-feira, 19, e se encontraram neste sábado novamente em Moscou, na Rússia, para preparar uma agenda e propostas que serão discutidas na reunião dos líderes do grupo em São Petersburgo, em setembro.

"Estamos absolutamente satisfeitos que o G-20 tenha mostrado apoio ao plano e que vamos ter um sistema tributário justo", afirmou Osborne a jornalistas. "Nossas mensagem é muito clara: todo mundo deve pagar seus impostos." Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
George OsborneG-20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.