Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Otimismo com vendas de materiais volta a crescer em maio

O Termômetro Abramat, pesquisa realizada entre os dias 15 e 20 deste mês, indicou que 74% dos empresários consultados avaliou o desempenho do mês como bom e muito bom

Fabiana Holtz, da Agência Estado,

25 de maio de 2011 | 11h31

O otimismo entre os empresários da indústria de materiais de construção prevaleceu em abril, mas em menor intensidade, de acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). O Termômetro Abramat, pesquisa realizada entre os dias 15 e 20 deste mês com os associados da entidade, indicou que 74% dos empresários consultados avaliou o desempenho do mês como bom e muito bom. Ao mesmo tempo, o desempenho apurado em abril também foi considerado bom por 69% dos entrevistados. Para o mês de junho, 74% das empresas seguem otimistas quanto ao fechamento das vendas internas no curto prazo.

Com relação ao mercado externo, neste mês a sondagem mostra que a parcela de empresários do setor otimista com o desempenho das exportações cresceu de 35% em abril para 48% em maio. Para junho, entretanto, o índice volta a apontar 35%.

Em maio, a pesquisa revela também queda na perspectiva dos empresários em relação às ações do governo federal nos próximos 12 meses, que passou de 64% em abril para 44%.

A intenção de investir nos próximos 12 meses caiu de 74% no mês passado para 67%. Em maio do ano passado, a pretensão era de 71%. Já o nível médio de utilização da capacidade instalada recuou para 86%, após permanecer por quatro meses consecutivos em 87%.

Tudo o que sabemos sobre:
materiaisindústriaAbramat

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.