Ouro atinge cotação recorde de US$ 1 mil

Preço inédito da onça reflete dólar fraco e temores sobre a economia dos EUA.

Da BBC Brasil, BBC

13 de março de 2008 | 14h15

O preço do ouro atingiu um recorde histórico nesta quinta-feira, com a onça (cerca de 31,1g) negociada a US$ 1 mil.Segundo analistas, a cotação foi impulsionada pelo dólar fraco e por temores em relação à economia dos Estados Unidos.Na quarta-feira, o dólar apresentou nova queda em relação a importantes moedas, entre elas o euro e o iene. Em determinado momento, o dólar chegou a ficar abaixo de 100 ienes pela primeira vez desde 1995.A cotação do petróleo também vem quebrando recordes, e o barril chegou a ser negociado a US$ 110 nesta quinta-feira.A preocupação com a possibilidade de recessão na economia americana faz com que os investidores apostem em commodities, como ouro e petróleo, em detrimento de ações e do dólar.ValorizaçãoDesde o início deste ano, o ouro já teve uma valorização de 20%. No ano passado, a valorização foi de 32%.De acordo com analistas, o ouro deve permanecer em alta enquanto houver temor em relação à economia americana.A previsão é de que o dólar caia ainda mais à medida que sejam divulgados novos dados sobre perdas provocadas pela crise no mercado imobiliário dos Estados Unidos.Apesar dos cortes recentes, acredita-se que a taxa básica de juros dos Estados Unidos, atualmente em 3%, tenha de ser reduzida mais ainda.Analistas afirmam que isso enfraqueceria ainda mais o dólar e aceleraria a inflação americana.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.