Ouro cede ao patamar mais baixo desde agosto

O preço do ouro no mercado futuro fechou ontem no nível mais baixo desde 30 de agosto. O progresso nas negociações nos EUA para evitar o abismo fiscal, uma série de cortes de gastos e aumentos de impostos previstos para janeiro, provocou uma onda de vendas do metal. Os investidores mais otimistas deixaram a segurança do ouro para se arriscarem em outros mercados, enquanto outros optaram por evitar novas negociações com a aproximação do fim do ano. O contrato de ouro para entrega em fevereiro caiu 1,63% e fechou a US$ 1.670,70 a onça-troy.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.