Ouro registra alta com compras de emergentes

Os contratos de ouro negociados na Comex, a divisão de metais da bolsa mercantil de Nova York, fecharam em alta de 0,3% ontem, a US$ 1.728,20 a onça-troy. O metal foi impulsionado por um relatório do Fundo Monetário Internacional, que mostra compras bilionárias feitas por bancos centrais de países emergentes. O Brasil comprou 17 toneladas no mês passado, a Turquia adquiriu 17,5 toneladas e o Casaquistão, 7,5 toneladas. O ouro é considerado um ativo seguro, já que tem valor monetário mas não é ligado a nenhum país, diferentemente das moedas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.