finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Ouvidor da Anatel critica Agência

O ouvidor da Anatel, Fernando Antônio Fagundes Reis, divulgou hoje o relatório sobre a atuação da Agência no primeiro semestre em que reafirma suas críticas à Anatel, principalmente sobre a agilidade e a eficiência para esclarecer as reclamações feitas por usuários. "Neste ponto, foram identificados, mais uma vez, sérios pontos de estrangulamento na dinâmica de resolução dos conflitos". Segundo o relatório, nos seis primeiros meses deste ano, a Anatel recebeu 2.115 mensagens por meio eletrônico com denúncias de má prestação dos serviços por parte das operadoras e protestos quanto ao atendimento dado pela agência às reclamações dos usuários. O ouvidor relata que há uma "salutar" preocupação na agência com a garantia do equilíbrio econômico-financeiro dos contratos e uma "visível dificuldade" de incorporação da vivência do cidadão na execução do marco regulatório. Fernando Reis defende a necessidade de que seja implementada uma nova forma de relacionamento com a sociedade. "Assim, poderemos buscar respostas mais ágeis e eficazes às reclamações do cidadão, além de fortalecer o direito concorrencial, bases para a prestação dos serviços adequados".

Agencia Estado,

16 de setembro de 2003 | 18h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.