Ovos de Páscoa ficam até 16% mais caros

Os consumidores pagarão mais caro este ano para comer ou presentear os amigos e familiares com os ovos de Páscoa. Os fabricantes de ovos de chocolate e colombas vão reajustar os preços em até 16% em relação à Páscoa de 2001.Segundo o vice-presidente do Sindicato da Indústria de Produtos de Cacau, Chocolates, Balas e Derivados do Estado de São Paulo (Sicab), Getúlio Ursulino Netto, o aumento deve-se à alta nos preços do cacau. Apesar dos reajustes no principal ingrediente, Ursulino Netto acredita que as vendas desta Páscoa serão 3% maiores do que as do ano passado.Na Páscoa de 2001, a produção foi de 18 mil toneladas e deverá atingir 18,6 mil toneladas este ano.Porém, enquanto a produção continua praticamente a mesma, há uma tendência de aumento no número de consumidores.Ovos menores são os mais procuradosHá alguns anos, a produção de ovos de tamanho menor vem aumentando. "Embora não haja aumento significativo de faturamento ou produção, o mercado consumidor cresceu", afirma o vice-presidente do Sicab. "O nosso setor consegue se adaptar rapidamente ao que pede o consumidor". Segundo dados do Sicab, os ovos com peso superior a 500g, os maiores do mercado, representaram 9% das vendas em 2000 e 7% em 2001.Apesar da produção de ovos de Páscoa não apresentar um crescimento significativo este ano, os fabricantes estão investindo em lançamentos. Só para a Páscoa de 2002, os consumidores terão mais de 50 novidades.A Nestlé, por exemplo, está com cinco lançamentos: os ovos de Leite Moça, Classic Diet com aveia, Nescau Ball, miniovos recheados Sensação e o Gianduia.A empresa contratou mais de três mil funcionários e investiu R$ 10 milhões. O objetivo da empresa é aumentar em 3% as vendas do período, se comparado a 2001.Com 54 anos de tradição, a Lacta - empresa da Kraft Foods Brasil - está apresentando nesta Páscoa 14 lançamentos. As novidades representam cerca de 50% do volume, além de manter sua linha tradicional, como o Sonho de Valsa, Bis e Diamante Negro.No total, a empresa fabricará 20 milhões de ovos, com esforço de sua equipe somado à contratação de 6,5 mil novos empregados. Um dos principais lançamentos será a Linha Trufa. Nessa versão, há ovos Laka Trufa e Milka Trufa, além de Diamante Negro Trufa e uma minicaixinha para presentear.A Amor aos Pedaços, que no ano passado faturou R$ 3 milhões na Páscoa, está investindo mais de R$ 1 milhão em publicidade e produção. A gerente de marketing, Suzana Ziliotto, diz que espera um crescimento de 20% em relação à Páscoa de 2001. "Estamos investindo em qualidade; os ovos serão maiores e mais recheados". As novidades são ovo Pão de mel, ovo Light, ovo Trufado e ovo Bicho de Pé, entre outros. Os preços variam de R$ 4,90 a R$ 32,80.A Kopenhagen pretende vender 200 toneladas de chocolate, ampliando em 20% a produção e com a expectativa de aumentar em 32% o faturamento. A empresa está lançando seis ovos: Gianduia, Trufas, Cherry Brand, Chumbinho, Nhá Benta e Torradinho. Os preços variam de R$ 2,80 a R$ 82,50.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.