PAC é destaque na imprensa da China nesta terça-feira

O Programa de Aceleração da Economia (PAC), anunciado ontem pelo governo brasileiro, foi destaque nesta terça-feira na imprensa chinesa. A agência de notícias Xinhua frisou que o programa "contempla investimentos de US$ 234 bilhões até 2010, incluindo os investimentos públicos diretos das empresas estatais, financiamentos dos bancos oficiais e investimentos privados".Os correspondentes da Xinhua assinalaram que "a meta do governo brasileiro é alcançar um crescimento econômico de 4,5% em 2008 e de 5% anualmente entre 2008 e 2010", antes de ressaltarem que a Caixa Econômica Federal mobilizará e administrará um fundo de investimentos estimado em US$ 2,3 bilhões direcionado às obras de infra-estrutura nos setores rodoviário, ferroviário, portuário e energético. "Os estados e municípios brasileiros terão uma margem maior de endividamento para poderem investir em obras de saneamento básico", acrescentaram.A Xinhua também destacou que "os setores de bens de capital, matérias - primas para construção civil, informática e de semicondutores serão beneficiados por medidas ou decretos presidenciais"."Com o PAC, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva busca ampliar a geração de empregos no Brasil", concluiu a reportagem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.