R$ 1,57 bi

E-Investidor: Tesouro Direto atrai mais jovens e bate recorde de captação

Pacote americano faz bolsas asiáticas operarem em alta

Índice Nikkei, de Tóquio, subia 200,83 pontos (2,44%); em Seul, Kospi aumentava 26,44 pontos (2,20%)

Agências internacionais,

24 de março de 2009 | 00h13

O pacote para a compra de títulos que não foram honrados pelos devedores - chamados de ativos 'tóxicos' ou ativos 'podres - dos Estados Unidos animou as Bolsas asiáticas nesta terça-feira, 24.

 

Veja também:

EUA lançam plano para comprar US$ 500 bi em ativos tóxicos

especialDe olho nos sintomas da crise econômica 

especialDicionário da crise 

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise   

 

O índice Nikkei da Bolsa de Valores de Tóquio subia 200,83 pontos (2,44%), aos 8.416,36. Já o Topix, que reúne as ações mais negociadas, aumentava 20,78 pontos (2,63%), aos 812,34.

 

Em Seul, o indicador Kospi ganhava 26,44 pontos (2,20%) para se situar em 1.255,94 pontos. O índice de valores tecnológicos Kosdaq somava 8,55 pontos (2,09%) até 417,78 pontos.

 

O índice Hang Seng, da bolsa de Hong Kong, ganhava 325,75 pontos (2,42%), aos 13.773,17. O índice Psei, da bolsa de Manila, aumentava 38,05 pontos (2,02%), aos 1.917,14.

 

O índice Straits Times, em Cingapura, somava 23,42 pontos (1,41%), aos 1.687,5.  Em Jacarta, o indicador composto JKSE registrava alta de 18,37 pontos (1,31%), aos 1.425,02. O ganho do índice SET, da bolsa de Bangcoc, chegava a 442,46 pontos, após subir 4,29 (0,97%). Já o índice seletivo KLCI, da bolsa de Kuala Lumpur, aumentava 1,38 ponto (0,16%), aos 879,68.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.