Pacote de ajuda da Alemanha será de US$ 655 bilhões

Entre os recursos previstos, 80 bi de euros serão usados para injetar capital e 400 bi para garantias bancárias

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

13 de outubro de 2008 | 09h52

O governo da Alemanha anunciou nesta segunda-feira, 13, os detalhes de seu pacote multibilionário de resgate nacional com intenção de evitar uma rápida disseminação da turbulência nos mercados financeiros globais. Segundo o projeto de lei, o plano inclui uma injeção de até 80 bilhões de euros (US$ 109 bilhões) em capital novo e até 400 bilhões de euros (US$ 546 bilhões) em garantias bancárias.  Veja também:Em meio à crise, empresas têm que pagar US$ 15 bi ao exteriorApós decisão da UE, diversos países anunciam ações anticriseEuropa vai garantir dívidas bancárias por até 5 anosReino Unido vai resgatar seus 4 maiores bancos, diz jornal Como o mundo reage à crise  Confira as medidas já anunciadas pelo BC contra a criseEntenda a disparada do dólar e seus efeitosEspecialistas dão dicas de como agir no meio da crise A cronologia da crise financeira  O pacote deve ser aprovado pelo gabinete do governo ainda nesta segunda. O governo também fez uma provisão de 5% para as perdas sofridas pelas instituições financeiras. O pacote de resgate irá vencer em 31 de dezembro de 2009, diz a proposta.

Tudo o que sabemos sobre:
Crise FinanceiraCrise nos EUAAlemanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.