Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Pacote de estímulo mostra sinais de impacto, diz Casa Branca

Apesar disso, membros do partido republicano afirmem que recursos são aplicados em projetos dispensáveis

AE-DJ,

13 de maio de 2009 | 14h58

A Casa Branca divulgou em um relatório que o pacote de estímulo de US$ 787 bilhões elaborado pela administração Obama está apresentando impactos iniciais sobre a economia, embora membros do partido republicano afirmem que os recursos estão sendo aplicados em projetos dispensáveis.

 

Veja também:

especialAs medidas do Brasil contra a crise

especialAs medidas do emprego

especialDe olho nos sintomas da crise econômica 

especialDicionário da crise 

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise

 

Em seu primeiro relatório trimestral a respeito dos resultados do pacote de estímulo, a Casa Branca afirmou que 150 mil empregos foram criados ou poupados desde que a legislação foi sancionada, no final de fevereiro, e que foram disponibilizados mais de US$ 88 bilhões para programas e projetos.

 

"Continuamos adiantados em relação ao cronograma em diversos programas e, por conta da eficiência e de um gerenciamento seguro, muitos projetos estão sendo implementados dentro do orçamento", afirmou o vice-presidente dos EUA, Joe Biden, em uma carta que acompanha o relatório.

 

A administração Obama prevê que 600 mil empregos serão criados ou poupados devido aos recursos do pacote de estímulo nos próximos 100 dias. A expectativa é que 3,5 milhões de empregos sejam criados ou poupados até setembro de 2010.

 

Segundo a Casa Branca, mais de 3 mil projetos de construção relacionados ao setor de transportes em 52 estados receberam recursos do pacote de estímulo. O governo afirmou também que os créditos fiscais do programa "Making Work Pay" já começaram a ser distribuídos e que os benefícios do seguro-desemprego aumentaram em US$ 25 dólares por semana.

 

Apesar disso, o líder do partido Republicano na Câmara dos Representantes, deputado John Boehner, mostrou ceticismo diante dos resultados apresentados pelo governo norte-americano, citando que US$ 800 mil serão gastos para pavimentar uma pista de decolagem alternativa em um aeroporto batizado com o nome de um deputado democrata da Pensilvânia.

 

"Nosso país perdeu cerca de dois milhões e meio de empregos desde o início do ano, e as famílias e pequenas empresas precisam fazer escolhas difíceis todos os dias durante esta recessão. É hora de Washington fazer o mesmo", disse Boehner.

 

Biden disse também que a administração pretende melhorar o web site recovery.gov, criado para que os cidadãos possam acompanhar onde estão sendo investidos os recursos do pacote. Ele ressaltou, no entanto, que muitas informações não serão apresentadas no endereço eletrônico até outubro. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Casa BrancaObamacrise

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.